Widget Image
Nossa Missão

Se você quer levar sua startup ao próximo nível, a Orbital é sua melhor opção. Metodologias ágeis, focada em validação e crescimento. A primeira Aceleradora com Coselling.

Siga-nos
Onde estamos: São Paulo/SP - Maringá/PR
Contato: +55 11 97486 8849 | +55 44 99144 7744
Top
Bem-vindas, Insurtechs – Orbital
8105
post-template-default,single,single-post,postid-8105,single-format-standard,mkd-core-1.0,orbital-ver-1.1.1,,mkd-smooth-page-transitions,mkd-ajax,mkd-grid-1300,mkd-blog-installed,mkd-header-standard,mkd-sticky-header-on-scroll-down-up,mkd-default-mobile-header,mkd-sticky-up-mobile-header,mkd-dropdown-slide-from-bottom,mkd-dark-header,mkd-full-width-wide-menu,mkd-header-standard-in-grid-shadow-disable,mkd-search-dropdown,mkd-side-menu-slide-from-right,mkd-woocommerce-columns-4,wpb-js-composer js-comp-ver-5.2.1,vc_responsive

Blog

Bem-vindas, Insurtechs

A cultura de inovação vem atingindo o mercado como um todo, convertendo para essa nova forma de operar até o mais conservador com receio de ficar para trás. Hoje em dia vemos já como algo comum fintechs, lawtechs, agrotechs, edutechs, medtechs mas até poucos anos atrás eram verdadeiros pioneiros, aqueles que abriram o caminho para o que se tornou toda essa cultura, principalmente após a grande explosão que foram as Startups entre 2014 e os dias de hoje.

Nisso tudo mais um modelo vem surgindo e crescendo bastante nos últimos 2 anos, as Insurtechs. Esse conceito se refere às empresas e soluções tecnológicas voltadas ao setor de seguros, abrangendo aplicações e dispositivos que auxiliam e otimizam processos na área. O termo surgiu na última década nos EUA porém ganhou força recentemente com a iniciativa de várias Startups com o foco na aceleração de rotinas burocráticas e estreitamentos com os clientes.

Características

Estrutura leve e prática:
Empresas focadas em tecnologias para o setor de seguros costumam ser enxutas. As tecnologias produzidas por elas também permitem
a gestão e controle das atividades empresariais com menos pessoal, esforço e material (papelada).

Foco nas necessidades dos clientes:
Quase todas as soluções e empresas Insurtechs priorizam as necessidades dos consumidores, maximizando a sua experiência.

Nativas digitais:
As startups da área nascem completamente inseridas na era digital, de modo que todo seu funcionamento possui amparo tecnológico e
virtual, o que as faz facilmente adaptáveis a mudanças nesse campo.

Modelos de negócios disruptivos:
Muitas possuem formas de gerir e oferecer serviços que fogem do padrão tradicional, pois se baseiam nas inúmeras possibilidades e facilidades que as tecnologias atuais fornecem. Por exemplo, algumas aproveitam-se de recursos de Geoprocessamento (GPS) para sugerirem seguros personalizados para potenciais clientes. Outras utilizam-se das vantagens da chamada “Internet das Coisas” para precificarem melhor os riscos e disponibilizarem atrativos. Temos ainda aquelas que têm atuado no oferecimento de seguros on-demand, onde o cliente contrata por um determinado período de tempo conforme a sua necessidade.

As insurtechs estão atuando em vários pontos da cadeia de seguros, desde a entrega de soluções tecnológicas que modernizam a gestão até aplicações voltadas a facilitar a vida do consumidor. Suas principais entregar são:

  • Melhora do relacionamento com o cliente
  • Permitem a customização de seguros conforme o cliente
  • Possibilitam maior interconectivade
  • Novas maneiras de comercialização
  • Facilitam a precificação de risco e coleta de informações
  • Maiores ganhos para os corretores

O setor de seguros é de longe um dos cabeças do ranking de setores com menor incentivo à inovação, estagnado há tempo demais na era vintage dos modelos de negócio, muitas vezes com processos totalmente manuais e sem nenhum auxílio de tecnologia. Não seria a primeira vez que é citado neste blog a necessidade desse ranking de ultrapassados aderiram a nova cultura de modelos disruptivos, principalmente por conta da nova geração economicamente ativa que vem chegando que não se conforma mais com processos que não fazem sentidos ou que podem ser potencializados com um pouco de esforço por parte da direção. Observando essa iniciativa surgir de dentro de um setor tão retrógrado até o momento realmente significa que a inovação está ao alcance de todos que se disporem, o que muitas vezes ocorre é que líderes de mercado muitas vezes apenas olham ao redor e para o presente e indiretamente acabam se fechando à possibilidade de romper com o modelo atual e tentar algo novo, o famoso ditado do “time que está ganhando não deve ser alterado”, porém num mundo em transição para a quarta revolução industrial ficar parado significa esperar alguém passar acenando ao seu lado.

Gostou das informações? não deixe de seguir nosso blog para artigos nas abas de mentoria e ideias 😉

 

 

 

 

 

 

Nenhum comentário

Deixe um comentário