Widget Image
Nossa Missão

Se você quer levar sua empresa para o próximo nível, a Orbital é sua melhor opção. Metodologias ágeis, focada em validação e crescimento.

Siga-nos
Onde estamos: São Paulo/SP - Maringá/PR
Contato/whats: +55 11 97486 8849 | +55 44 99144 7744
Top
A importância da prototipagem – Orbital
8045
post-template-default,single,single-post,postid-8045,single-format-standard,mkd-core-1.0,woocommerce-no-js,orbital-ver-1.1.1,,mkd-smooth-page-transitions,mkd-ajax,mkd-grid-1300,mkd-blog-installed,mkd-header-standard,mkd-sticky-header-on-scroll-down-up,mkd-default-mobile-header,mkd-sticky-up-mobile-header,mkd-dropdown-slide-from-bottom,mkd-dark-header,mkd-full-width-wide-menu,mkd-header-standard-in-grid-shadow-disable,mkd-search-dropdown,mkd-side-menu-slide-from-right,mkd-woocommerce-columns-4,wpb-js-composer js-comp-ver-5.2.1,vc_responsive,elementor-default

Blog

A importância da prototipagem

A jornada de criação de um produto, a transformação de uma ideia até o presente unicamente rabiscada num post-it em algo real e palpável é longa, árdua, composta por momentos de avanço e retrocesso e simplesmente mágica e gratificante.

Quando desenvolvemos algo inédito ou algo que traga novos recursos a uma aplicação já existente nos toparemos sempre com o período de validação, a fase onde iremos descobrir se realmente esse post-it tem potencial para se tornar algo único e relevante. O grande problema vem após esse período de validação, pois caso tenha apontado que a solução é válida geralmente corremos para desenvolver isso antes que alguém surja com algo similar, nos precipitamos e criamos algo o mais próximo possível daquilo que as pesquisas apontaram, queremos criar o produto mais incrível possível, queremos montar inclusive um grande escritório de operações com meia dúzia de funcionários e uma cafeteira para cada um deles, pois afinal, vamos ficar ricos.

Se isso tudo fosse bom eu não teria dito logo acima que esse êxtase pós-validação é algo ruim e que pode levar sua solução, startup, empresa direta à falência prematura. No mundo das startups temos uma termo chamado “Death Valley”, o vale da morte, curva da morte; essa curva de destruição ocorre logo após os primeiros meses da ideia ter saído do papel, logo após o período de pesquisa de mercado, de validação e dos primeiros clientes terem surgido. Por mais que as decisões prematuras não serem o único motivo de muitos caírem nessa curva elas são sim um fator problemático a ser analisado.

A melhor forma de contornar essa problemática é aplicando a prototipagem, desenvolver o seu produto junto a seu persona; observando, aprendendo, atualizando, pivotando, descobrindo novas aplicações ou as vezes mudando tudo e voltando a iniciar. Nossa solução não está pronta apenas porque as validações apontaram que ela é viável, nesse ponto os único realmente entusiastas do seu produto são os 3F (family, friends & fools), o mercado espera algo redondo e totalmente relevante, um produto que se encaixe em sua vida e que com o tempo ele não consiga mais viver sem.

Os benefícios da prototipagem são principalmente:

  • Descobrir problemas mais cedo;
  • Garante que os requisitos do sistema atendem às necessidades;
  • Relacionamento com o cliente;
  • Testes de aceitação do produto;
  • Melhor visibilidade do progresso do projeto;
  • O feedback é mais confiável.

Além disso tudo a fase de prototipagem, o MVP, nos permite economizar quantias absurdas de dinheiro, muitas vezes podemos inclusive fazê-lo de forma gratuita com ferramentes totalmente livres que existem hoje, afinal o MVP é a versão mais simples capaz de cumprir com os objetivos do seu produto final, ela não precisa nem deve ser perfeita. Com o tempo, quando todos os recursos tenham sido devidamente validados e aceitos em funcionamento podemos nos encaminhar para a fase de design, UX (experiência do usuário) e fazer o seu devido lançamento, até lá BE PATIENT.

 

Lucas Muniz

Gestor de Projetos na Brave Crew MI – Eu ensino às pessoas que a melhor forma de vender o seu produto é explicando o por quê de você estar apaixonado por ele. Apaixonado por inovação e soluções inteligentes, fiel seguidor da filosofia que diz que pessoas foram criadas para pensar em coisas incríveis ao invés de viverem presas em jaulas do comodismo.

 

Nenhum comentário

Deixe um comentário